quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

chandelier

Nuwara Eliya 4 Star Grand Hotel, Sri Lanka

9 comentários:

João Menéres disse...

Muito bem, Carin !

Kaipiroska disse...

Obrigada João :)
Os candeeiros deste hotel eram lindíssimos. Impossível não fotografar.

Remus disse...

Chique... Chiquérimo.
Agora fico a imaginar a trabalheira que deve dar para limpar o pó a este lustre. Mas também sei que quem pensou ou o criou, não quer saber desse pormenor para nada, porque nunca será essa pessoa a limpar o pó...
Moral da história: Uns pensam e criam, outros ficam o trabalho para o manter em condições.
:-)

Kaipiroska disse...

E outros simplesmente os apreciam e fotografam ;)

Mario Teixeira Gomes disse...

C’est três joli votre chandelier.
Foi bom, deu para desenferrujar o francês. Lustres destes já não se fazem ou não haveria compradores. Mantê-los também não é fácil. Sempre que vejo um não resisto e procuro trazer algumas imagens deles. Parabéns e bom fim de semana.

Rute disse...

...e outros, como eu, fixam-se no título e lembram-se imediatamente de uma musica que a minha Ritinha adora, tanto a música como o videoclip.
Já agora espreitem, Chandelier da Sia e dançado pela Medie.
O candeeiro é realmente lindíssimo! Sobre o fundo preto, ficou uma fotografia 5 *****

1 beijinho Kaipi:)

Kaipiroska disse...

Tem toda a razão, Mário. Ter e manter estes candeeiros não é fácil. São candeeiros de outros tempos e que me fazem lembrar a casa dos meus avós e hoje em dia a casa dos meus pais. São candeeiros lindíssimos e que contam histórias. Obrigada :)

Kaipiroska disse...

Querida Rute, também na altura de imediato me lembrei dessa música, mas julgo que o nome em inglês retrata melhor a imponência destes candeeiros que o simples nome na nossa língua. Bjs :)

Rute disse...

Querida amiga, tens toda a razão, Chandelier é perfeito para esta fotografia. Ficou lindíssima.

Beijinhos