sábado, 15 de fevereiro de 2014

Passing by ...

12 comentários:

João Menéres disse...

E ele vai ligeiro, apesar de estar na passadeira e aparentemente não haver trânsito automóvel !

Gostei, Carin.

Um beijo.

Hilde disse...

makes me think of the album Abbey Road, the album from 1969 from The Beatles!
nice photoshoot!
un abrazo

Jéfferson B. Cezimbra disse...

Gosto desse tipo de foto.
Tenho uma do gênero que logo logo postarei em meu blog.
Bom domingo :)

Photo Attraction disse...

Muito boa!
Mas posso dar uma sugestão ?
"Corta" as linhas que estão fora da passadeira, tornando a imagem landscape. Aposto que fica mais "eficaz" ;)

Remus disse...

O quê?
Vocês, os da região Autónoma dos Açores, atravessam a rua nas passadeiras?
Mas que bichos raros são vocês?
:-P

Gostei muito do grafismo criado pela passadeira e pelas linhas.
O homem, com a sua bengala, foi uma oportunidade que podemos definir como a cereja em cima do bolo.

Kaipiroska disse...

Pedro, segui o teu conselho e também gostei do resultado final, mas esta fica assim publicada :) obrigada e conselhos desses são sempre bem-vindos.

Kaipiroska disse...

Remus, nós, açorianos, somos muito respeitadores :) quanto ao velhote, obriguei-o a atravessar a rua várias vezes até fazer a foto como queria ;) ... foi um bom acaso este.

Remus disse...

Então está explicado porque é que o homem parece estar tão cansado e desanimado.
Conhecendo a Kaipiroska como conheço, faço a ideia que o pobre homem foi obrigado a percorrer essa passadeira mais de vinte vezes.
:-P

Fabricio K. Ramos disse...

Essa foto está a formar um grafismo muito bem pensado... Gostei...
Bjos.

Helena Prata disse...

Muito boa foto! Uma velocidade ligeiramente mais lenta e para mim ficava perfeita, para produzir um pouquinho de arrastamento...

L.Reis disse...

Excelente aproveitamento de linhas!!! O senhor a atravessar confere-lhe ainda aquele "quid" necessário. Pelo que li nos comentários anteriores o senhor fartou-se de "galgar" a passadeira, mas tudo vale a pena em nome da arte! :):)

Rute disse...

Gosto de todas as linhas brancas, mesmo as que não pertencem à passadeira. Sem dúvida que a figura humana lhe dá um toque muito especial,

1 bj