terça-feira, 30 de julho de 2013

Quando cai a noite ...

9 comentários:

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia,
Registo de difícil com grau de dificuldade na sua captação, ficou uma maravilha, tem qualidade, lindas cores e nitidez.

Parabéns

ag

Remus disse...

Quando cai a noite o que é que acontece? Algo mau? Algo desafiante? Algo excitante?
Ao avaliar pela fotografia, diria que é isso tudo e mais alguma coisa.
;-)

O efeito criado pela roda a girar está o máximo.

Fabricio K. Ramos disse...

Quando a noite cai, fica um ar de encantamento e magia...

João Menéres disse...

Todo esse jardim é vosso, CARIN ?

REMUS : NÃO SABIA QUE AS RODAS GIRAVAM ! Obrigado,pela informação !!!

CARIN :Desculpa a brincadeira com o REMUS !
Mas ele andava a pedi-las !


Um beijo ( e parabéns por TUDO ! ).

Kaipiroska disse...

João, infelizmente todo este jardim não é nosso. É um jardim público nas Furnas.

O Remus merece todas as brincadeiras e mais uma ;)

Obgda pelas palavras João :)

ZEKARLOS disse...

... existe sempre a possibilidade de se fazer uma excelente foto, como esta. Bjs

Remus disse...

O amigo João quer guerra? Pois bem... depois não venha queixar-se:

Em língua portuguesa, girar é um verbo intransitivo que possui os seguintes significados:
1. Dar voltas em torno do seu eixo.
2. Descrever uma curva.
3. Andar em giro.
4. Circular.

Sendo a roda em causa a roda de um moinho, a passagem da água faz mover os rodízios da roda, que por sua vez faz com que ela dê voltas em torno do seu eixo, ou seja, por definição, que gire.

Alguém está contra à minha explicação? Vou ter que começar a dispersar vírus informáticos para alguém? Hum?
:D

Kaipiroska disse...

Caro João e Caro Remus, por favor façam as pazes que eu não quero, nem preciso, de vírus por estes lados!

Diana Tavares disse...

Que sitio lindo :)